WhatsApp aparecerão no Facebook?

Está com medo das fotos do WhatsApp aparecerem no seu Facebook? Descubra o que é verdade e proteja a sua privacidade.

Ando recebendo muito essa pergunta por e-mail, a compra do WhatsApp pela gigante controlado pelo Mark Zuckerberg assustou os internautas. Facebook é conhecido por recolher o máximo de dados possíveis de seus usuários, além disso, ele é famoso por integrar e compartilhar as informações que os usuários acabam gerando na rede social. Nada mais justo que se assustar diante do boato que circula na internet, sobre o possível compartilhamento de fotos do WhatsApp com Facebook.

Porém quero salientar que isso não passa de um boato. O Facebook NÃO tem o objetivo de compartilhar fotos ou mensagens gerados no aplicativo com a timeline de seus usuários.

whatsapp facebook fotos

O boato surgiu apenas para amedrontar os usuários do WhatsApp que compartilham fotos comprometedoras na ferramenta, sabemos o real motivo da popularização do aplicativo, WhatsApp conseguiu essa base de dados gigantesca não por ser um aplicativo que facilita a comunicação e a aproximação entre as pessoas, ele só chegou aqui por facilitar e permitir a paquera de forma rápida e muitas vezes segura. As fotos que circulam pelo aplicativo muitas vezes não sou tão inocentes, as pessoas acreditam que por não estarem vendo o interlocutor a conversa pode ser mais descontraída e muitas vezes picante.

O problema com esse tipo de pensamento é evidente, quando você está frente a frente com uma pessoa, a menos que ela grave a conversa, tudo que for dito morre ali. Já no mundo virtual isso não existe, são gerados milhares de logs, conversas ficam gravadas, vídeos são capturados e pessoas são maliciosas. Por isso esse tipo de conversa deve ser evitada, nunca, em hipótese alguma, compartilhe material que possa te comprometer de alguma forma através de meios virtuais.

Perigos WhatsApp e Facebook

Como mencionado anteriormente, redes sociais são um tormento para os educadores. Não existe uma forma efetiva de monitorar o que os jovens fazem durante o tempo que se expõem. Medidas preventivas como bloqueio a determinados sites ou recursos podem ter um efeito catalisador, a curiosidade do jovem, em muitas vezes só perde em grandiosidade para sua ignorância, por isso bloquear pode piorar a situação.

Uma saída é o monitoramento, se você é educador ou pai e quer que seu filho navegue seguro pela internet, a saída e monitorar o que ele faz pela grande rede, pode parecer uma invasão de privacidade mas isso pode evitar dores de cabeça para você e apara ele.

Alternativas ao WhatsApp

Para aqueles que, mesmo com esse aviso, ainda estão receosos com o uso da ferramenta, saiba que existem alternativas interessantes no mercado. O Viber é sem dúvidas o concorrente mais forte do WhatsApp, ele além de possui os mesmos recursos possui o plus de:

  • Enviar stickers;
  • Chamadas de voz;
  • Chamadas de voz para telefones fixos;
  • Aplicativo para iPhone, Android e Windows (computadores);
  • Exibe se a mensagem foi ou não lida;
  • E outros.

Se você gostou do que o Viber pode fazer, basta acessar esse endereço eletrônico e baixar o aplicativo para sua plataforma preferida. Lembre-se que ele funciona de forma semelhante ao WhatsApp, por isso é necessário que seus amigos também usem o aplicativo.

Atualizado em: 13/03/2014
  • Esta dica foi útil para você?
  • Recomendar
  • Não recomendar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *